Partido Verde comemora banimento de agrotóxico paraquate do País

15 set 2020

Herbicida será banido de todo o território nacional a partir da próxima terça-feira (22)

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), manteve em decisão colegiada da Diretoria do órgão de banir o herbicida chamado “paraquate” em todo o território brasileiro a partir de 22 de setembro. O Partido Verde já havia emitido alertas e comunicados ao órgão para que decisão não fosse revista.

Em agosto, o deputado federal Célio Studart (PV/CE) protocolou ofícios à Controladoria-geral da União e à Anvisa alertando sobre o desejo do setor produtivo de evitar a proibição de uso da substância no território nacional.

Em meio a manobras do setor produtivo, a Agência havia revisto a resolução que proibida o uso do paraquate no Brasil. Por três votos a dois, o defensivo agrícola altamente contaminante, estará definitivamente fora dos produtos brasileiros.

O herbicida, ligado ao mal de Parkinson e a ocorrência de câncer, em especial em produtores rurais, já é proibido em toda a Europa desde 2017 e, recentemente, em países Asiáticos. O paraquate é o oitavo agrotóxico mais consumido no Brasil.

Desde a posse do presidente Jair Bolsonaro, houve a maior liberação de registros de agrotóxicos da última década, comprometendo inclusive o comércio de produtos agrícolas brasileiros em mercados exteriores.

Share

ACESSIBILIDADE