16 de Maio – Dia do Gari

16 maio 2020

O Partido Verde entrevista  o membro da Executiva Nacional Rogério Menezes de Mello sobre os profissionais da área e a pandemia.

Uma das categorias mais expostas ao Covid-19, é a de garis, profissão essencial durante a pandemia. O membro da Executiva Nacional Rogério Menezes de Mello reforça a necessidade de cuidados. “Lixeiros e garis devem trabalhar com toda proteção, o que é responsabilidade das empresas de limpeza pública contratadas pelas prefeituras ou por elas próprias, quando os serviços são executados diretamente”, afirma.

Mello chama atenção também para outra classe que é ainda mais precarizada no atual cenário, principalmente, com problemas sérios para o acesso a renda básica. “Com relação às Cooperativas de Catadores devem haver apoio social às famílias pra garantir a sobrevivência, pois as atividades em geral estão suspensas. Quando em funcionamento, deve-se garantir EPIs, equipamentos de proteção individual”, alerta.

O dirigente verde lembra que os coronavírus estão ligados ao avanço da urbanização em territórios selvagens. “[O] impacto do crescimento das populações humanas e, consequentemente, das cidades sobre as populações de animais silvestres, [fez] com que os microrganismos que normalmente circulavam nestas, ultrapassassem a barreira de espécie e se adaptassem à humana”, explica.

O membro da Executiva deixa uma reflexão: “Começamos pelo nosso modo de agir, produzir, consumir, circular, trabalhar, enfim, exercer todas as nossas relações nas cidades, onde vivemos, onde se apresentam todos os problemas e as soluções que, no caso, devem ser criativas, inovadoras, de baixo custo e, o mais importante, solidarizada entre cidades fronteiriças, localizadas nas mesmas bacias hidrográficas ou aéreas”, finaliza Mello.

Share

ACESSIBILIDADE