QUEM SERÃO NOSSOS GOVERNANTES ?

17 maio 2020

Próximas lideranças políticas deverão ter o perfil de agrado ao publico consumidor.

Saber atender o cliente, ser humilde mesmo nas cobranças,  convergir interesses cumprindo as promessas feitas ao público, ter ouvido a tudo e a todos para ter uma política de maior eficiência e amplitude, são alguns dos atributos que poderão definir a política nas próximas eleições;

Desta forma o eleitor deve estar atento e ligado com seus representantes e principalmente aqueles destinados ao governo e a fazer leis, esta mesmo que representa uma vontade coletiva e superior deve estar em compasso com seus consumidores de serviço público.

Ademais já existem até leis neste sentido para um publico cada vez mais conectado e exigente, este pode navegar e interagir com o poder numa dinâmica muito mais rápida do que no passado tendo em vista a velocidade da propagação das informações e a potencia dos manifestos individuais.

De maneira geral nós não temos bons representantes principalmente porque estes não respeitam as exigências do consumo do poder, este mesmo que se origina do povo, e eu provo este descompasso.

Basta vermos por exemplo sobre o carnaval e nossos costumes do uso de certos inalantes como lança perfume, todos já um dia fizeram ou praticamente todos, esta é nossa lei costumeira. Da mesma forma a questão da liberação dos jogos, todos nos jogamos e isto é um fato, no entanto os casinos são totalmente proibidos no Brasil;

Poderemos relembrar uma serie infinita de exemplos de como a legislação esta em descompasso com o costume, como na questão sobre o desarmamento, da liberação da maconha para uso recreativo, a prostituição, dentre inúmeros outros…

É momento de exigir ! Ademais porque mesmo fazendo parte desta ou aquela corrente de eleitores fieis não podemos nos cegar ao nosso crivo da consciência avaliadora de cada ato, de cada situação.

Quando estávamos no laboratório de realidade virtual, fomos expostos a uma criação de um boneco que funcionava de acordo com a vontade do publico, para cada ato existia um suporte da maioria, além de infindáveis novas opiniões, inclusive da própria oposição, já que este era responsável por decisão que afetava a todos.

Espero que o município de São Paulo cresça com o avanço da informática, permitindo sempre a critica para o beneficio de todos, porque quem governa não governa apenas aos seus eleitores, mas é obrigado pela constituição ao olhar coletivo.

 

 

Share

ACESSIBILIDADE