Água que se bebe
Água que se banha
Que se dissolve
Que evapora e vira chuva

Água que é afeto
Que gera e envolve o feto
Água limitada
Que preenche os vazios
Que corre através dos rios
Que inundam e formam o mar

Água que está no sangue
Que está na lágrima
Que está na pele e é suor
Água – sempre “Deusa”

“Pai nosso que está no céu”
Mãe nossa que está na terra
A água nossa de cada dia
“ Nos dai hoje ”
Para a perpetuação
Das gerações futuras : Amém!

*Vera Motta (ECO 92)

*Vera Motta  é Secretária de Assuntos Jurídicos do PV  e poetisa 



Um comentário sobre Poema ÁGUA QUE SE BEBE

  1. Agnaldo e Adriana em 23 de março de 2012

    Olá Vera.

    Agora além de advogada lutadora guerreira ambientalista tb é poetisa?
    Mulher multifuncional.

    Show de bola.
    Parabéns
    Abraços
    Agnaldo e Adriana do PV Jandira.

Comente

Partido Verde - 2011
Desenvolvido pela Secretaria Nacional de Comunicação
Alguns direitos reservados

CLN 107 Bloco C Sala 204 - Asa Norte Brasília/DF - Cep: 70.743-530 Produzido por